Maxiglobal e Ifthen criam solução de gestão para a Proteção Civil

Notícias - Descrição

As duas empresas desenvolveram uma solução completa para a gestão operacional e administrativa dos serviços de Proteção Civil, Polícia Municipal e Bombeiros. Aliando as soluções ModSecur para salas de comando e controlo ao Ifprotec – uma solução de gestão interligada ao Iffire – disponibilizam uma ferramenta de trabalho global, integrada e resiliente.

 

A nova solução surge para colmatar uma necessidade identificada pela Ifthen. “Apresentamos diversas vezes o software Ifprotec, que é a base da solução, às Câmaras Municipais. No entanto, muitas vezes fomos confrontados com a necessidade de disponibilizar de imediato uma solução “chave-na-mão”, que incluísse mobiliário técnico, videowalls e infraestrutura tecnológica, por exemplo”, refere Nuno Breda, Co-CEO da Ifthen. “Os Municípios terem que lidar com diversos interlocutores para utilizarem o nosso software tornou-se um entrave, pelo que identificamos a necessidade urgente de encontrar um parceiro que nos permitisse oferecer a parte física da solução”, acrescenta.

A Maxiglobal já era conhecida da Ifthen devido à sua forte presença no mercado dos data centers e a parceria acabou por se concretizar de forma natural. “A área da monitorização não é novidade para nós, pelo que, dado o conhecimento que já detemos no setor, nos pareceu totalmente estratégico apostar nesta área”, conta-nos Luís Fernandes de Pinho, CEO da Maxiglobal.

Atualmente, os Municípios são obrigados por lei a ter uma estrutura que lhes permita articular todos os corpos de Bombeiros, de modo a tornar a comunicação mais fluída e a gestão mais eficaz. “É uma janela de oportunidade para nós e sentimos que esta área – a da Proteção Civil – está “debaixo dos holofotes” devido a toda a situação do Covid 19 e da vacinação, que tem sido coordenada por este organismo. Assim, sentimos que há uma maior exigência por parte da população face a estes serviços. Do mesmo modo, os serviços municipais também pretendem melhorar o seu desempenho, pelo que estão mais recetivos a este tipo de soluções”, acrescenta Nuno Breda.

A solução inclui a conceção e montagem de salas operacionais, centrais de comunicações e salas de crise. É implementada com mobiliário técnico, videowall e videoconferência, servidores e UPS, infraestruturas de TI e data centers. O software Ifprotec utiliza uma tecnologia responsiva de última geração, possibilitando a desmaterialização da interface, o que permite aos utilizadores trabalharem em qualquer dispositivo.

Como ponto diferenciador, apresenta uma API de integração bidirecional, que possibilita a leitura e escrita de dados provenientes de outras Aplicações informáticas. O Município consegue sempre visualizar as ocorrências e o empenho dos meios, mesmo que a outra Organização trabalhe com um programa diferente. Tem ainda redundância offline, ou seja, os dados principais armazenados na Cloud, serão sincronizados com o IFPROTEC SQL Server para que, em caso de falha da Internet, continuem a ter a capacidade operacional.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *