Solução ModSecur implementada no novo centro de investigação da FairJourney Biologics

Notícias - Descrição

A empresa de biotecnologia é um dos líderes mundiais na descoberta, engenharia e produção de anticorpos destinados ao tratamento de doenças. Tem um novo centro de investigação na cidade do Porto e a marca ModSecur foi a escolhida para desenhar as soluções de segurança e de data center.

 O novo edifício da FairJourney não passa despercebido. Localizado à face da Avenida AEP, uma das principais entradas da cidade do Porto, possui um aspeto diferenciador graças à sua arquitetura inovadora. Dispõe de uma área de construção de 8100 metros quadrados composta por 140 laboratórios, foyer, salas de reuniões e áreas sociais. Toda a segurança física do edifício ficou a cargo da Maxiglobal, que implementou uma solução integrada de CCTV e controlo de acessos que permite gerir o acesso e a vigilância do edifício

“A segurança é a nossa principal preocupação, tanto a nível do edifício como a nível informático. Por isso, escolhemos uma solução com a máxima qualidade, de forma a garantir proteção total no acesso às nossas instalações”, refere Nuno Gomes, CIO da FairJourney. A solução de segurança implementada é composta por câmaras de videovigilância, sistema de controlo de acessos, torniquetes e barreiras.

Data center preparado para o futuro

A opção escolhida para o novo edifício da FairJourney foi o ModSecur IT Room. “Para estas novas instalações optamos por soluções que possam responder durante muito tempo às nossas necessidades. Era imperativo termos um data center escalável que evoluísse à medida do nosso crescimento e o ModSecur IT Room responde totalmente a esse requisito”, refere Nuno Gomes. O data center implementado no novo espaço de trabalho da empresa de biotecnologia é modular e escalável e tem proteção contra fogo 120 min, água, poeiras, humidade e vandalismo. Apresenta redundância para os sistemas de energia socorrida (UPS), para o sistema de climatização e disponibiliza ainda um sistema de energia de emergência garantida através de uma UPS de 500kW de potência e de um grupo gerador, assegurando redundância e elevada disponibilidade de toda a infraestrutura.

Operação sem paragens

“Temos atividades 24 horas por dia e não podemos ter risco de 0,01: o nosso risco tem de ser 0. Não podemos ficar sem energia, pois isso iria comprometer seriamente a nossa atividade”, conta-nos Nuno Gomes. Para responder a esta exigência de disponibilidade total, foi implementada uma UPS de energia socorrida para o edifício preparada para suportar cargas críticas. Com uma potência superior a 500kW, a solução MPW fornecida, tal como o ModSecur IT Room, é redundante e modular, podendo crescer ao ritmo do aumento das necessidades energéticas do edifício. Possibilita a expansão da capacidade de energia, mantendo os altos níveis de proteção, disponibilidade e redundância.

Um parceiro de confiança

“Precisamos de um parceiro com quem podemos criar uma relação de confiança e que sabemos que nos vai acompanhar de perto. Logo nas primeiras reuniões foi-nos transmitida uma imagem de grande profissionalismo e confiabilidade e teve uma grande importância para nós o facto de o CEO da Maxiglobal, Luis Fernandes de Pinho, ter acompanhado o processo numa fase inicial”, refere Nuno Gomes.

 

A Maxiglobal desenha soluções que visam a segurança da informação, a acessibilidade técnica e a sustentabilidade dos negócios. Presente no mercado há mais de 20 anos, pretende impactar positivamente os resultados dos seus clientes preparando as suas infraestruturas para o futuro através da inovação e do sentido de compromisso que caracterizam a marca ModSecur.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *